sicnot

Perfil

Mundo

Preservativos feitos de erva australiana

O segredo para fabricar preservativos mais finos e mais seguros pode estar num tipo de erva australiana, garantem investigadores da Universidade de Queensland.

Reuters

As fibras da erva australiana spinifex estão a ser usadas para fabricar preservativos que, embora mais finos, são mais resistentes, asseguram os investigadores.

A nanocelulose é um material extraído das fibras das plantas e muito usado para reforçar o látex. As fibras do spinifex, descobriram agora a equipa da Universidade de Queensland, são mais compridas, mais finas, mais fortes e mais flexíveis que quaisquer outras analisadas até agora, afirma Nasim Amiralian.

"Com um pouco mais de afinação, acho que conseguimos fabricar um preservativo de látex cerca de 30% mais fino e cumpra todos os requisitos, e com maior otimização acho que conseguiremos fazer ainda mais finos que isso", estima.

Os investigadores dizem estar a trabalhar com proprietários aborígenes de terras da região noroeste da Austrália, para aproveitar o seu conhecimento sobre esta erva e incluí-los no projeto.

Há muito que o spinifex é utilizado como adesivo pelas comunidades tradicionais aborígenas

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.