sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Rússia em Munique para conversações sobre a Síria

O chefe da diplomacia da Rússia, Serguei Lavrov, reúne-se hoje em Munique com o seu homólogo norte-americano John Kerry, para abordarem os progressos nas conversações de paz sobre a Síria, informou o seu gabinete.

© Eduardo Munoz / Reuters

O anúncio segue-se às conversações indiretas de quarta-feira em Genebra entre os protagonistas do conflito na Síria, num novo esforço para terminar com uma violenta guerra civil que desde 2011 já provocou mais de 260.000 mortos.

Os dois diplomatas encontram-se pela primeira vez desde o fracasso das conversações de paz sobre a Síria em Genebra e a ofensiva sobre Alepo desencadeada pelo regime de Damasco, apoiado pelo Irão e a aviação russa.

No decurso de um contacto telefónico na quarta-feira, Lavrov e Kerry "concordaram avaliar o progresso das conversações de Genebra durante o próximo encontro do Grupo internacional de apoio à Síria (ISSG) em 11 de fevereiro", refere o comunicado, mas sem referir o local do encontro.

Em paralelo, diplomatas de outros países envolvidos no conflito, com destaque para o Irão e Arábia Saudita, vão tentar relançar os esforços de cessar-fogo e a abertura de "corredores humanitários". Estão previstos encontros bilaterais durante a manhã, um encontro com todos os países presentes durante a tarde e por fim uma conferência de imprensa.

Washington e Moscovo são decisivos nas tentativas para terminar com o conflito sírio, incluindo neste fórum do ISSG que integra mais 17 países.

Os dois diplomatas também discutiram as conversações em curso em Genebra entre representantes do regime de Bashar al-Assad e representantes da oposição, que se encontram suspensas.

No início da semana, um adjunto de Lavrov tinha referido que Moscovo pretendia promover um encontro internacional sobre a Síria em Munique para hoje, e confirmado um "acordo de princípio" sobre o assunto entre diplomatas russos e norte-americanos.

A partir de sexta-feira e até domingo decorre ainda em Munique a conferência internacional sobre segurança.

Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.