sicnot

Perfil

Mundo

Físicos anunciam ter detetado ondas gravitacionais de Einstein

Foi confirmada a existência das ondas gravitacionais, defendida por Albert Einstein há um século, na famosa Teoria da Relatividade Geral. Um dos maiores avanços da física que abre uma nova janela sobre o Universo e os seus mistérios.

Simulação de ondas gravitacionais provenientes de dois buracos negros.

Simulação de ondas gravitacionais provenientes de dois buracos negros.

S. Ossokine , A. Buonanno (MPI for Gravitational Physics)/W. Benger (Airborne Hydro Mapping GmbH)

Dr. David Reitze, Diretor Executivo do Laboratório LIGO, mostra a colisão de dois buracos negros ma conferência de imprensa para anunciar a deteção das ondas gravitacionais.

Dr. David Reitze, Diretor Executivo do Laboratório LIGO, mostra a colisão de dois buracos negros ma conferência de imprensa para anunciar a deteção das ondas gravitacionais.

© Gary Cameron / Reuters

Cientistas de várias nacionalidades anunciaram hoje a primeira deteção direta de ondas gravitacionais, uma descoberta que coroa décadas de esforços e que confirma a afirmação de Albert Einstein na sua Teoria da Relatividade Geral de 1915.

No anúncio, os físicos revelaram que ouviram as ondas gravitacionais produzidas pela colisão de dois buracos negros a 400 megaparsecs (1.3 mil milhões anos-luz) da Terra. A revista científica Nature reproduz a comunicação.

As ondas gravitacionais foram detetadas a 14 de setembro de 2015 pelos dois instrumentos do Observatório Ligo (Laser Interferometer Gravitational-wave Observatory), nos EUA. São dois aparelhos gigantes, cada um com 4 quilómetros de comprimento, separados por 3 mil quilómetros: um em Livingston, na Luisiana, nos sul do país, o outro em Hanford, no estado de Washington, no noroeste.

A banda sonora do Cosmos

As ondas gravitacionais são produzidas por ligeiras perturbações no tecido do espaço-tempo, como resultado da deslocação de um objeto de grande massa. Propagam-se à velocidade da luz e nada as consegue parar. Espera-se que permitam observar a História do Cosmos até épocas remotas.

"A nossa observação das ondas gravitacionais cumpre o ambicioso objetivo definido há cinco décadas de detetar de forma direta este fenómeno e entender melhor o Universo", explicou a diretora executiva do laboratório LIGO. "Além disso, completamos o legado de Einstein no centenário da sua Teoria da Relatividade Geral", acrescentou.

Uma descoberta que abre uma nova janela para a observação do Cosmos, já que, até agora, os astrónomos valeram-se de diferentes formas de luz (ondas eletromagnéticas) para observar o Universo.

Agora, é como se um filme mudo passasse a ter som. "Até agora olhávamos para o céu e não conseguíamos ouvir a música", sintetizou outro dos cientistas envolvidos na descoberta, o astrofísico Szabolcs Marka da Universidade Columbia.

A Teoria de Einstein

O físico teórico alemão Albert Einstein (1879-1955) defendeu, na Teoria da Relatividade Geral que o celebrizou, que os objetos que se movem no Universo produzem ondulações no espaço-tempo e que estas se propagam pelo espaço. Previu, assim, a existência das ondas gravitacionais e demonstrá-la de forma direta era o último desafio em aberto da Relatividade.

  • Teoria de Einstein poderá ser confirmada hoje
    1:21

    Mundo

    Poderá estar por horas a confirmação da existência das ondas gravitacionais, defendida por Albert Einstein há um século, na famosa Teoria da Relatividade. As ondas gravitacionais são provocadas pelo movimento de grandes corpos celestes, um fenómeno, que caso seja comprovado, representa um importante passo na descoberta do cosmos.

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Secretário da Segurança Interna dos EUA desmente Donald Trump

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou esta quinta-feira que os esforços do seu Governo para expulsar alguns imigrantes ilegais dos Estados Unidos "são uma operação militar", afirmação contrariada pelo seu secretário da Segurança Nacional no México.