sicnot

Perfil

Mundo

Motim em prisão mexicana faz pelo menos 52 mortos

Em atualização

Pelo menos 52 pessoas morreram e 12 estão feridas na sequência de um motim hoje na prisão mexicana de Topo Chico, em Monterrey, no estado de Nuevo Leon, no norte do país.

© Daniel Becerril / Reuters

Até ao momento, as autoridades locais não conseguiram confirmar o número exato de mortos e de feridos.

Entre as vítimas constam prisioneiros e funcionários daquele estabelecimento prisional.

Uma tentativa de fuga estará na origem do motim, segundo as informações preliminares do incidente.

A situação agravou-se quando um grupo de presos provocou um incêndio para distrair os guardas prisionais e permitir desta forma a fuga de outros reclusos.

Os media locais asseguraram que vários presos conseguiram fugir do estabelecimento prisional. O número exato dos fugitivos ainda é desconhecido.

O motim começou durante a madrugada na prisão de Topo Chico, a mais antiga do estado de Nuevo Leon, e, três horas depois, as autoridades tentaram controlar os incidentes com o envio de um forte contingente de segurança, que incluiu membros do exército e forças policiais nacionais e locais.

Segundo vários testemunhos citados pela imprensa local, no exterior do estabelecimento prisional foram ouvidas explosões e os gritos dos detidos.

As mesmas testemunhas relataram que as forças de segurança cercaram o recinto e cortaram os acessos, de forma a evitar uma fuga em massa de prisioneiros.

Com Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC