sicnot

Perfil

Mundo

Avião MiG-23 do governo líbio reconhecido abatido em Bengazi

Um avião de combate MiG-23, do governo líbio reconhecido pela comunidade internacional, foi hoje abatido quando fazia ataques aéreos a posições da oposição, na cidade costeira de Bengazi, informou fonte militar.

O porta-voz das forças governamentais, Nasser el-Hassi, disse à agência noticiosa AFP que o aparelho foi "abatido em Qaryunes, a noroeste de Bengazi, quando bombardeava posições de uma coligação de milícias próxima da Al-Qaeda.

O Daesh reivindicou o abate do avião, segundo o SITE Intelligence Group, um sítio norte-americano que monitoriza a atividades destes grupos na internet.

Uma fonte militar adiantou que o piloto sobreviveu, tento o paraquedas funcionado, mas a sua localização é indeterminada.

Este foi o segundo avião abatido nesta semana.

Na segunda-feira, outro MiG-23 das forças do governo reconhecido caiu próxima da cidade oriental de Derna, depois de atacar posições do Daesh.

A agência noticiosa LANA, próxima do governo reconhecido, atribuiu a queda a "problemas técnicos".

Há dois governos que disputam o poder na Líbia, um baseado na capital, Tripoli, apoiado por uma coligação de milícias, e outro, reconhecido internacionalmente, instalado no leste.

No início de janeiro, outro MiG-23 caiu em Bengazi, a principal cidade da parte oriental do país.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite