sicnot

Perfil

Mundo

Europa diz adeus ao robô Philae

A probabilidade de estabelecer contacto com o robô europeu Philae, que está no cometa Tchouri há sete meses e em silêncio, é "quase zero" e "chegou a hora de dizer adeus" ao equipamento, declarou hoje, num comunicado, a Agência Espacial Alemã (DLR).

ESA /ATG medialab

O centro de controlo de aterragem parou de enviar comandos ao robô Philae, segundo a DLR, numa nota intitulada "Chegou a hora de dizer adeus à Philae".

Entretanto, a sonda espacial Rosetta "continua ainda à escuta" do Philae, sublinhou a agência espacial francesa (CNES), num comunicado separado. "Há realmente muito pouca esperança de receber um sinal" do Philae, declarou à agência de notícias francesa AFP Stephan Ulamec, um responsável DLR.

O cometa Tchouri move-se para longe do sol, o que significa que os painéis solares do robô recebem menos luz. As antenas de receção do robô continuam ligadas e "continuamos a estar preparados no caso de a Philae acordar", disse Ulamec. "Mas, para ser honesto e realista, é muito improvável que escutemos novamente a Philae", disse Stephan Ulamec.

O robô Philae, que viajou na sonda espacial Rosetta, realizou a 12 de novembro de 2014 uma aterragem histórica sobre o cometa Tchouri. Equipada com dez instrumentos, trabalhou durante 60 horas antes de "adormecer" por falta de energia.

Voltou a "acordar" em junho de 2015, mas não deu mais sinais de funcionamento desde 9 de julho.

A sonda Rosetta foi lançada em março de 2004, e está a orbitar o cometa 67/P desde o ano passado. Em novembro de 2014, a 500 milhões de quilómetros da Terra e após uma viagem de 10 anos, o Philae tornou-se o primeiro objeto de fabrico humano a pousar num cometa.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.