sicnot

Perfil

Mundo

Polícia italiana detém 109 pessoas suspeitas de pertenceram à máfia

Cento e nove pessoas suspeitas de pertencerem à máfia foram ontem detidas pela polícia italiana. A operação foi conduzida pelas autoridades da cidade de Catania, na Sícilia, mas as detenções aconteceram em vários países.

Os detidos fazem parte do clã Laudani, um dos mais perigosos da região e com ligações à Ndrangheta, a máfia calabresa.

Entre os suspeitos estavam três mulheres que dirigiam as atividades criminais, de acordo com as indicações dadas pela cúpula da organização. Tratavam das finanças do clã e, inclusive, providenciavam o sustento das famílias dos elementos do clã que se encontram presos.

Os detidos são acusados de associação criminosa, extorsão, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e outros crimes.

  • Quem é Elon Musk?
    9:42
  • "Bashar Al-Assad continua a fazer tudo o que quer contra o seu próprio povo"
    0:48
  • A história da neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial
    3:20