sicnot

Perfil

Mundo

Polícia italiana detém 109 pessoas suspeitas de pertenceram à máfia

Cento e nove pessoas suspeitas de pertencerem à máfia foram ontem detidas pela polícia italiana. A operação foi conduzida pelas autoridades da cidade de Catania, na Sícilia, mas as detenções aconteceram em vários países.

Os detidos fazem parte do clã Laudani, um dos mais perigosos da região e com ligações à Ndrangheta, a máfia calabresa.

Entre os suspeitos estavam três mulheres que dirigiam as atividades criminais, de acordo com as indicações dadas pela cúpula da organização. Tratavam das finanças do clã e, inclusive, providenciavam o sustento das famílias dos elementos do clã que se encontram presos.

Os detidos são acusados de associação criminosa, extorsão, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e outros crimes.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas