sicnot

Perfil

Mundo

Icebergue provoca morte de 150 mil pinguins na Antártida

Cerca de 150 mil pinguins-de-Adélia morreram desde que um icebergue gigante encalhou na Antártida, colocando estes pinguins demasiado distantes da zona onde conseguiriam procurar alimento, segundo um estudo científico.

© Reuters Staff / Reuters

A colónia desta espécie de pinguins vive no Cabo Denison, situado na baía de Commonwealth, no leste da Antártida. O icebergue B09B com 100 quilómetros quadrados -- superfície quase equivalente à da cidade de Paris -- encalhou na baía de Commonwealth em dezembro de 2010.

Em fevereiro de 2011, a população de pinguins-de-Adélia era de cerca de 160 mil, mas a chegada do icebergue forçou os pinguins a percorreram mais 60 quilómetros para chegarem ao local onde encontram alimento, o que veio dificultar o processo de reprodução.

Segundo um artigo de investigadores australianos e neozelandeses divulgado na publicação científica Antarctic Science, esta população de pinguins pode estar erradicada dentro de 20 anos, a menos que o icebergue B09B se mova ou desloque ou que a camada de gelo costeiro se quebre.

No recenseamento realizado em dezembro de 2013, os investigadores observaram centenas de ovos de pinguins abandonados: "o solo estava cheio de carcaças ressequidas pelo frio".

"Agora há um silêncio preocupante", disse um dos investigadores, acrescentado que os pinguins observados no cabo Denison são "incrivelmente dóceis".

"Aqueles que sobrevivem estão claramente a lutar", acrescentam os cientistas, sublinhando que há um grande contraste entre esta colónia de pinguins e a que vive a oito quilómetros da camada de gelo costeira formada pelo icebergue.

Lusa

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00

    País

    O episódio de hoje de Vidas Suspensas envolve uma médica dentista norte-americana e um português. Um exemplo do que acontece a muitos portugueses que casam com estrangeiros: quando se divorciam, coloca-se a questão de saber para que país vão os filhos.

    Hoje na SIC

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Tubarão com 2,7 metros salta para dentro de barco e ataca pescador

    Mundo

    Um australiano foi atacado por um tubarão branco quando estava a pescar na sua embarcação, em Evan Heads, Nova Gales do Sul, na costa Este da Austrália. O animal, com cerca de 200 quilos e 2,7 metros de comprimento, saltou para dentro do barco, derrubou o pescador e mordeu-lhe no braço.

    SIC