sicnot

Perfil

Mundo

Avião com um cadáver e elevada soma de dinheiro intercetado no Zimbabué

As autoridades do Zimbabué intercetaram um avião com destino à África do Sul que levava a bordo milhões de rands em dinheiro e um cadáver de identidade desconhecida, informaram hoje meios de comunicação locais.

(arquivo)

(arquivo)

© Jacky Naegelen / Reuters

O avião, que partira da Alemanha com destino à cidade sul-africana de Durban, foi intercetado domingo quando parou para fazer um reabastecimento no aeroporto da capital do Zimbabué.

Funcionários do aeroporto detetaram sangue proveniente do interior da aeronave e, ao investigá-la, descobriram o cadáver de um homem adulto, explicou a rádio estatal Zimbabwe Broadcasting Corporation (ZBC).

O incidente causou alvoroço, tanto no Zimbabué como na vizinha África do Sul, após se saber que o avião pertence a uma empresa norte-americana, a Global Airlines, com sede na Florida.

O dinheiro tem como destino o South African Reserve Bank (SARB), que emitiu um comunicado no qual diz estar a trabalhar com as autoridades para garantir que a verba lhe é entregue e coloca a hipótese de o corpo encontrado no avião ser de um clandestino.

A Polícia do Zimbabué está a investigar o caso para averiguar a identidade do cadáver.

Lusa

  • Bombeiros ficaram de prevenção após intoxicação em Corroios
    1:16

    País

    17 alunos da escola EB 2+3 em Corroios, no Seixal, foram hospitalizados esta segunda-feira com sintomas de intoxicação alimentar. Os alunos, entre os 7 e os 14 anos, foram transportados 12 para o hospital Garcia de Orta, em Almada e cinco para o hospital do Barreiro. O transporte foi feito pelos bombeiros voluntários da Amora e do Seixal mantiveram uma equipa de socorro no local apenas por prevenção.

  • "Nada mais há a dizer" sobre a Caixa
    0:13

    Caso CGD

    O primeiro-ministro voltou esta segunda-feira a dizer que já não há nada para discutir, na polémica sobre a entrega de declarações de património dos gestores da CGD. Foram as declarações de António Costa, na Cidade da Praia, à margem da quarta cimeira bilateral entre Portugal e Cabo Verde.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46