sicnot

Perfil

Mundo

Chefes de diplomacia da UE reúnem-se em Bruxelas com Síria e Clima na agenda

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia reúnem-se hoje, em Bruxelas, num encontro durante o qual abordarão a situação na Síria e a "diplomacia do clima", à luz das conferências celebradas recentemente em Paris e em Londres.

JULIEN WARNAND

No seguimento da Conferência de Paris sobre o Clima, os chefes de diplomacia da União Europeia , entre os quais o ministro Augusto Santos Silva, "debaterão formas de assegurar a continuidade dos esforços conjuntos das diplomacias europeias que se revelaram instrumentais para a obtenção do acordo na COP 21 em Paris", refere uma nota do ministério dos Negócios Estrangeiros.

Outro assunto incontornável desde há muito nas reuniões dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE é a Síria, com os 28 a fazerem hoje um balanço da conferência de doadores para a Síria, na qual Santos Silva participou a 04 de fevereiro, em Londres, e dos esforços da União Europeia e dos seus Estados-membros para a estabilização do país e da região.

Da agenda da reunião de hoje constam ainda debates sobre a Moldova e a Bielorrússia, com os 28 da UE a fazerem uma análise da situação política e económica destes países e o seu relacionamento com a União Europeia.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Cenário mais estável no Sardoal
    0:55

    País

    O presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, disse esta manhã que a situação está mais calma. No entanto, o autarca pede que não se desmobilizem os meios porque a situação pode mudar de forma imprevisivel. Miguel Borges alertou ainda para o cansaço dos bombeiros e agentes da Proteção Civil.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.