sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 4 mortos em bombardeamentos turcos no norte da Síria

Uma civil e três combatentes morreram no domingo na sequência de bombardeamentos das forças turcas contra zonas sob o controlo de uma milícia curdo-árabe na província síria de Alepo, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

reuters

A organização não-governamental assinalou que os três milicianos, que eram membros das Forças da Síria Democrática, uma coligação armada de grupos curdos e árabes, perderam a vida nos ataques da Turquia contra a povoação de Deir Yamal, em Alepo.

A ONG não detalhou a zona exata onde morreu a civil e acrescentou que houve também vários feridos, incluindo um menor de idade.

Nos últimos dias, as FSD, que nasceram em outubro no noroeste do país e que englobam grupos curdos, árabes e assírios (uma minoria étnica de confissão cristã) e contam com o apoio logístico e militar dos Estados Unidos, têm avançado pelo norte de Alepo e tomaram o controlo de várias localidades como Deir Yamal, Meneg e Ain Daqna.

No domingo, o governo de Damasco condenou "firmemente" os recentes bombardeamentos das forças turcas no norte da Síria e pediu ao Conselho de Segurança da ONU para pôr fim aos "crimes do regime turco".

Há dois dias, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, insistiu na determinação do seu país em lutar contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI) e em que tanto o seu país como a Arábia Saudita estão disponíveis para uma operação terrestre na Síria.

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto em 2017
    2:10

    País

    O Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto no próximo ano e depois da separação dos hospitais de Faro, Portimão e Lagos. Faro deverá passar a hospital universitário. A proposta da Administração Regional de Saúde deverá ser confirmada dentro de dias pelo ministro da Saúde.

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.