sicnot

Perfil

Mundo

Libertados jornalistas norte-americanos detidos no Bahrein

As autoridades do Bahrein libertaram hoje os quatro jornalistas norte-americanos detidos no domingo passado quando faziam a cobertura jornalística das manifestações por ocasião do quinto aniversário da revolta popular naquele país, divulgaram os advogados dos repórteres.

© Hamad I Mohammed / Reuters

Segundo o Ministério Público deste reino do Golfo Pérsico, os jornalistas foram acusados de participar em reuniões ilegais e de perturbar o tráfego.

Mohamed al Yishi, um dos advogados dos jornalistas, referiu que os norte-americanos recusaram responder durante o interrogatório e rejeitaram as acusações.

O advogado acrescentou que os repórteres foram libertados sem fiança.

Os jornalistas foram detidos no domingo em Sitra, um subúrbio da capital Manama de maioria xiita que é um dos bastiões da contestação contra a dinastia sunita no poder.

Os repórteres estavam no local para fazer a cobertura jornalística das marchas comemorativas do quinto aniversário da revolta popular de 14 de fevereiro de 2011.

A par de países como a Tunísia e o Egito, o Bahrein foi um dos estados envolvidos na Primavera Árabe, a vaga de contestação popular que atravessou vários países do norte de África e do Médio Oriente.

Um dos jornalistas foi preso quando a polícia interveio para dispersar uma marcha, enquanto os outros três foram presos num posto de controlo à saída de Sitra, zona localizada numa pequena ilha.

A equipa de quatro jornalistas "freelance" viajou para o Bahrein ao serviço do jornal online norte-americano The Huffington Post, segundo testemunhas citadas pela agência noticiosa espanhola EFE.

Na segunda-feira, a polícia de Manama comunicou a detenção de quatro cidadãos norte-americanos, incluindo uma mulher.

Segundo as autoridades locais, os quatros norte-americanos tinham realizado "atos de violência e de sabotagem", bem como tinham "agredido membros das forças de segurança".

A polícia indicou ainda que alguns estavam a exercer a "atividade jornalística sem a autorização das autoridades".

O Bahrein limita a liberdade de imprensa e a entrada de jornalistas estrangeiros no seu território desde 2011, com o objetivo de enfraquecer a influência da oposição interna, que continua ativa mesmo com a forte repressão.

O reino é governado por uma monarquia sunita, mas a população do país é maioritariamente xiita e foi a grande impulsionadora da revolta de 2011 que exigia mais direitos e mais igualdade.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC