sicnot

Perfil

Mundo

Papa pede aos prelados mexicanos para lutarem contra a violência e corrupção

O papa Francisco pediu hoje aos padres para não se resignarem face à violência e corrupção, durante um encontro com religiosos num estádio de Morelia, capital do estado de Michoacán (oeste), um dos bastiões do narcotráfico no México.

"[Os cristãos e as minorias em algumas partes do mundo são] mártires dos tempos modernos, humilhados e discriminados por causa da fidelidade ao Evangelho." - Papa Francisco (6-08-2015)

"[Os cristãos e as minorias em algumas partes do mundo são] mártires dos tempos modernos, humilhados e discriminados por causa da fidelidade ao Evangelho." - Papa Francisco (6-08-2015)

© Tony Gentile / Reuters

"Que tentação poderá provir dos meios frequentemente dominados pela violência, a corrupção, o tráfico de droga, o desprezo pela dignidade da pessoa, a indiferença face ao sofrimento e a precaridade? Que propensão se pode ter face a esta realidade que parece ter-se tornado num sistema inamovível? Creio que podemos defini-la como resignação", observou o papa perante dezenas de milhares de padres, religiosos, religiosas e seminaristas.

"A resignação é uma das armas preferidas do diabo! Uma resignação que nos paralisa e que não apenas nos assusta mas que nos faz recuar nas nossas sacristias e nas nossas aparentes seguranças. Uma resignação que apenas nos impede de assumir os riscos e transformar as coisas", disse Francisco nesta região que tem assistido à emergência de poderosos cartéis da droga, muitos deles com referências católicas na sua designação.

Na sua campanha contra o medo e o desencorajamento, o papa, conhecido como "Tata Vasco" ("papa Vasco") pelas populações autóctones, deu o exemplo de antigas figuras católicas como o monsenhor Vasco Vázquez de Quiroga, que não se resignou face às injustiças infligidas aos povos indígenas.

Este bispo combateu a violência então imposta pelos "Conquistadores" espanhóis aos índios Purepechas, denunciando terem sido "vendidos, humilhados, obrigados a vagabundear nos mercados para recolher os dejetos deitados por terra".

"Longe da resignação, colocou a sua fé em movimento, a sua vida, a sai compaixão" para "realizar iniciativas de amplitude face a uma realidade tão paralisante como injusta", disse o papa, muito aplaudido.

"Não somos nem pretendemos ser funcionários do divino, não somos nem nunca pretenderemos ser empregados de Deus, porque somos convidados a participar na sua vida, somos convidados a introduzirmo-nos no seu coração", exortou Francisco, que no sábado já tinha pedido aos bispos do país para não se comportarem como "príncipes" afastados dos sofrimentos e das injustiças.

O México é considerado um dos países mais perigosos do mundo, com 40 padres e seminaristas assassinados desde 2006. O estado de Michoacán e o vizinho estado de Guerrero são os mais perigosos para os religiosos.

A Igreja católica mexicana, a segunda mais importante do mundo, congrega cerca de 100 milhões de fiéis, mas a sua poderosa hierarquia tem-se mostrado dividida e integrada por um significativo setor "elitista", mesmo que a maioria dos prelados se comprometa em favor dos pobres.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.