sicnot

Perfil

Mundo

Polícia resgata 18 crianças retidas por uma seita na África do Sul

A polícia sul-africana libertou 18 crianças retidas na sede da Igreja da Família Mancoba, uma seita que se declara contra todo o tipo de civilização e proíbe os seguidores de estudar ou trabalhar, informaram meios de comunicação locais.

Arquivo Reuters

As autoridades entraram à força no recinto, localizado em Nyanga, na província sul-africana de Cabo Oriental, depois do fracasso de duas horas de negociações com os líderes da seita.

"As crianças viviam na igreja. Não iam à escola e alguns não tinham certidões de nascimento. Acreditamos que não os deixavam sair", declarou o porta-voz da polícia de Cabo Oriental, Mzukisi Fatyela.

Após meses de investigação às atividades do grupo, a polícia obteve um mandado judicial para retirar as crianças, com idades entre os três e os 13 anos, as quais tinham sido escondidas num compartimento do recinto.

A polícia não informou de qualquer detenção entre os membros da seita, em cujas instalações vivem mais de 200 adultos.

  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.