sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro grego recebe presidente do Conselho Europeu

A reunião entre Alexis Tsipras e Donald Tusk acontece numa altura em que a Grécia diz que estão prontos a funcionar quatro dos cinco Centros de Identificação e Triagem de Refugiados. A abertura dos centros esteve prevista para o outono passado, mas foi adiada até agora.

Primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, recebe presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

Primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, recebe presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Os centros vão abrir nas ilhas de Lesbos, Chios, Leros e Samos. O quinto, em Kos, onde uma parte da população ofereceu resistência, estará pronto "dentro de cinco dias", prometeu Kammenos durante uma conferência de imprensa.

Ainda no domingo, cerca de 2.000 pessoas concentraram-se perto da localidade grega de Pyli para protestar contra a construção de um centro de triagem e registo de migrantes, segundo números das autoridades da ilha de Kos.

Segundo os meios de comunicação locais, as forças antimotim utilizaram gás lacrimogéneo para dispersar dezenas de manifestantes que tentaram aceder à obra, a 10 quilómetros do porto.

Há semanas que as autoridades locais e os habitantes de Kos protestam contra a criação deste centro na ilha, receando efeitos negativos no setor do turismo.

Kos recebe anualmente milhares de visitantes, sobretudo britânicos, alemães e escandinavos.

Várias ilhas gregas do Mar Egeu, situadas perto da costa turca, são a principal porta de entrada de migrantes na Europa.

Sob pressão da União Europeia, que quer conter o fluxo de migrantes, a Grécia comprometeu-se a instalar em cinco ilhas centros de registo, até à realização da cimeira de Bruxelas, que se realiza esta semana, destinada à questão migratória, mas o de Kos atrasou-se devido à polémica que tem suscitado.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.