sicnot

Perfil

Mundo

Quatro jornalistas norte-americanos presos no Bahrein

Quatro jornalistas norte-americanos foram detidos no Bahrein no domingo, dia do quinto aniversário da revolta de 14 de fevereiro de 2011 no pequeno reino do Golfo, anunciaram autoridades e a família de um dos repórteres.

© Hamad I Mohammed / Reuters


Em Washington, o Departamento de Estado declarou estar "ao corrente de informações segundo as quais cidadãos norte-americanos foram presos", mas recusou tecer qualquer comentário "por motivos de ordem particular".

A polícia de Manama, que anunciou na segunda-feira a detenção dos quatro jornalistas, também não revelou dados sobre as suas identidades nem os órgãos de comunicação para os quais trabalham.

Os jornalistas foram detidos em Sitra, um subúrbio de Manama de maioria xiita, que constitui um dos bastiões da contestação contra a dinastia sunita no poder no Bahrein.

Confrontos entre manifestantes e as forças de segurança foram registados no domingo em Sitra, segundo a agência oficial BNA.

Entraram no país a 11 e 12 de fevereiro como turistas "alguns" norte-americanos que "exerceram o trabalho jornalístico sem autorização", indicou a polícia, que os acusou de ter "cometido atos contrários à lei".

O caso foi enviado para o Ministério Público.

Em Washington, a família da jornalista Anna Therese Day divulgou um comunicado a confirmar a detenção da jovem, que trabalhou no Médio Oriente, no norte de África, na Índia, no Brasil e no México para órgãos como o New York Times, CNN e Al-Jazeera, em que pede a sua libertação o mais rapidamente possível.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.