sicnot

Perfil

Mundo

Vocalista dos Eagles of Death Metal defende "acesso universal" às armas de fogo

O vocalista dos Eagles of Death Metal defende o "acesso universal" às armas de fogo. Jesse Hughes atuava na sala de espetáculos Bataclan, em Paris, na noite dos ataques de 13 de novembro.

O grupo rock norte-americano liderado por Jesse Hughes (na imagem) vai tocar na emblemática sala de espetáculos parisiense Olympia no próximo dia 16 de fevereiro. (Arquivo)

O grupo rock norte-americano liderado por Jesse Hughes (na imagem) vai tocar na emblemática sala de espetáculos parisiense Olympia no próximo dia 16 de fevereiro. (Arquivo)

Barry Brecheisen / AP

Em entrevista à estação de televisão francesa iTéle, Hughes emocionou-se ao relembrar a noite dos atentados nos quais morreram 89 pessoas, às mãos do Daesh.

"O vosso controlo de armas em França impediu que uma única pessoa morresse no Bataclan?", questionou.

"Penso que a única coisa que impediu mais mortes foi a ação dos homens mais corajosos que já vi na miha vida, que diante da morte se atiraram com as suas armas de fogo. Sei que as pessoas não concordam comigo, mas parece-me que Deus fez o homem e a mulher e naquela noite as armas tornaram-se iguais. Odeio que seja assim. Penso que a única forma em que o meu pensamento se alterou é achar que toda a gente tem de ter armas", declarou o vocalista da banda da Califórnia.

Meses após os atentados, Hughes confessa ainda ter pesadelos "acordado".

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.