sicnot

Perfil

Mundo

China diz que construções em ilha disputada se destinam à autodefesa

A China sublinhou hoje que as construções numa ilha disputada por vários países no Mar do Sul da China se destinam "à autodefesa", mas recusou confirmar ou desmentir se instalou mísseis terra-ar no mesmo território, como assegura Taiwan.

© POOL New / Reuters

"As construções, limitadas e necessárias à autodefesa, que a China construiu nesse território, estão em linha com o direito de proteção contemplado no direito internacional", afirmou o ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, numa conferência de imprensa conjunta com a congénere australiana, Julie Bishop, em Pequim.

"Não constitui qualquer questão ou problema", concluiu.

As acusações de que a China instalou mísseis terra-ar numa ilha do arquipélago Paracel foram hoje confirmadas à agência Efe por fontes militares de Taiwan, que afirmaram que existem imagens de satélite que o atestam.

As mesmas fontes, que falaram sob a condição de anonimato, escusaram-se a facultar mais detalhes, mas sublinharam que a atividade da China na zona está a ser seguida com muita atenção.

Horas antes, a cadeia norte-americana Fox News informou que a China dispõe de um sistema de lançamento de mísseis terra-ar numa das ilhas do arquipélago, alegadamente rico em petróleo, cuja soberania é reivindicada por Pequim e Taipé e também pelo Vietname.

A Fox citou imagens capturadas por satélites do ImageSat International, nas quais se veem duas baterias de oito lançadores de mísseis terra-ar e um sistema de radares na ilha Woody, que faz parte do arquipélago Paracel.

Os mísseis chegaram na semana passada, já que as imagens de satélite mostram que uma praia estava vazia a 03 de fevereiro e que, a partir de dia 14, albergava os referidos dispositivos.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.