sicnot

Perfil

Mundo

Depoimento de Lula da Silva no caso de apartamento foi suspenso

O depoimento do ex-presidente brasileiro Luiz Inacio Lula da Silva, previsto para hoje, no âmbito de uma investigação de lavagem de dinheiro, foi suspenso, anunciou o Partido dos Trabalhadores (PT, esquerda), no poder.

© Ricardo Moraes / Reuters

O ex-chefe de Estado e a sua mulher, Marisa Leticia, foram intimados a depor sobre o caso de um apartamento localizado no condomínio Solaris, em Guarujá, em São Paulo, e relativamente às suspeitas de irregularidades na transferência para a empreiteira OAS, firma ligada ao escândalo da petrolífera estatal Petrobras, de obras inacabadas da Bancoop, de acordo com os meios de comunicação social brasileiros.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, uma decisão do Conselho Nacional do Ministério Público suspendeu os depoimentos de Lula da Silva e da sua mulher, que foram convocados por um procurador de São Paulo para prestar declarações esta quarta-feira no âmbito de um inquérito preliminar por "branqueamento de capitais e ocultação de bens patrimoniais".

Segundo o Conselho Nacional do Ministério Público, a inquirição foi suspensa a pedido do deputado do PT Paulo Teixeira que colocou em causa a imparcialidade do procurador Cassio Conserino, que tem em mãos o caso, e falou em "flagrante perseguição política".

O luxuoso apartamento no litoral de São Paulo encontra-se registado em nome da OAS, mas o Ministério Público do estado de São Paulo suspeita que o imóvel é na verdade propriedade de Lula.

O triplex também foi alegadamente alvo de obras de remodelação na ordem de 200 mil dólares, pagos pela OAS.

Segundo as autoridades, apartamentos luxuosos como este seriam alegadamente usados pela OAS como subornos.

O nome do antigo Presidente brasileiro é citado em três investigações judiciais no Brasil, sem que tenha sido objeto, até ao momento, de qualquer acusação.

A equipa de Lula denuncia uma "caça às bruxas" que visa inviabilizar uma eventual candidatura do antigo Presidente do Brasil (2002-2010) às eleições presidenciais de 2018.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.