sicnot

Perfil

Mundo

Maduro diz que Venezuela está a ser bloqueada financeiramente a partir do estrangeiro

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, considerou hoje que a Venezuela está a ser bloqueada financeiramente a partir do estrangeiro e acusou a oposição de ter instalado «um sistema de pressão contra o povo».

Fernando Llano

«A Venezuela tem um bloqueio financeiro internacional. Nem refinanciam um processo de melhoria das condições da dívida e procuram condições leoninas para emprestar-nos uma divisa, um dólar», disse.

Nicolás Maduro falava em Caracas, no palácio presidencial de Miraflores, durante uma reunião de ministros, transmitida pelas rádios e televisões do país, em que fez um balanço da Agenda Económica Bolivariana para enfrentar a crise venezuelana.

«Há um só poder neste mundo que pode dirigir as peças de uma guerra financeira contra a República (...) não digo mais, que cada um tire as suas conclusões», disse.

Nicolás Maduro referiu que se trata de «um sistema de boicote nacional e internacional, de guerra económica, que tem o propósito de derrotar, fazer ajoelhar a Venezuela, apoderar-se das riquezas e voltar a controlar o país».

Nicolás Maduro vincou que a emergência económica venezuelana «é verdadeira» e «penetrou profundamente» na Venezuela, lamentando que a aposição «tenha voltado as costas ao país» ao chumbar, recentemente, o decreto de emergência económica, ratificando com essa atitude «uma agenda de guerra».

«Eles (oposição) subverteram o sistema de distribuição (de produtos) do país, a comercialização e o estabelecimento de preços dos produtos (...) instalaram um sistema de pressão contra o povo e agora a Venezuela tem um bloqueio financeiro internacional».

Maduro culpou o «imperialismo» pela queda das receitas petrolíferas do país.

«Impôs-se a estratégia imperial da guerra ao petróleo (...) Uma guerra mundial que tem procurado destruir a OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), tirar-lhe a autoridade de regular o mercado», disse.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC