sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de mulheres aborígenes desaparecidas nas últimas décadas no Canadá

Estima-se que cerca de quatro mil mulheres aborígenes estejam desaparecidas ou tenham sido mortas, nos últimos 30 anos, no Canadá.

O primeiro-ministro canadiano ordenou o início de novas investigações e a renovação total das relações entre o governo e a população indígena

O primeiro-ministro canadiano ordenou o início de novas investigações e a renovação total das relações entre o governo e a população indígena

© Blair Gable / Reuters

O ministério dos Assuntos Indígenas avançou com o estes números que admitem ser superior ao inicialmente estimado.

No ano passado, um relatório das autoridades canadianas apontava para 1200 mulheres, um valor bastante contestado pelas famílias que afirmam que os casos da comunidade indígena não são tratados da mesma forma que o resto da população.

Em dezembro de 2015, o primeiro-ministro Justin Trudeau ordenou o início de novas investigações e a renovação total das relações entre o governo e a população indígena.

  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12