sicnot

Perfil

Mundo

EUA recusam-se a nomear responsáveis pelo ataque em Ancara

Os Estados Unidos recusaram-se hoje a nomear um responsável do ataque de quarta-feira no centro de Ancara, que provocou pelo menos 28 mortos, pedindo contenção tanto à Turquia como aos combatentes curdos.

A Turquia acusou o ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e as milícias curdas da Síria de terem perpetrado o ataque, garantindo que teve "uma ligação direta" com os combatentes das Unidades de Proteção do Povo (YPG) curdas.

"Não somos capazes de confirmar ou desmentir as afirmações do Governo turco no que diz respeito à responsabilidade" do ataque, afirmou hoje o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, John Kirby. "Para nós, a questão mantém-se em aberto e sabemos que há uma investigação em curso", acrescentou.

A Turquia "tem o direito de se proteger dos ataques terroristas no seu território", sublinhou John Kirby, numa conferência de imprensa em Washington, antes de lembrar que os Estados Unidos "já pediram à Turquia que pare de bombardear o outro lado da fronteira", na Síria, tal como eles "pediram às YPG que ajam com moderação".

Na quarta-feira, pelo menos 28 pessoas morreram e 61 ficaram feridas no centro da capital turca na sequência de um atentado com um carro armadilhado contra uma coluna militar.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".