sicnot

Perfil

Mundo

Janeiro foi o mês mais quente do planeta desde que há registo

Janeiro de 2016 foi o primeiro mês do ano mais quente na Terra desde o início das leituras de temperatura, no final do século XIX, anunciou hoje a agência oceânica e atmosférica norte-americana (NOAA, sigla em inglês).

Janeiro de 2016 foi o primeiro mês mais quente de sempre desde que há registos

Janeiro de 2016 foi o primeiro mês mais quente de sempre desde que há registos

© Jim Young / Reuters

No geral, a temperatura média à superfície dos oceanos e da Terra esteve 1,04 graus centígrados acima da média registada no século XX, fazendo de janeiro o primeiro mês do ano mais quente desde 1880, ultrapassando o recorde estabelecido em 2007, de 0,16 graus centígrados, precisou a NOAA.

O ano de 2015, no seu todo, já tinha sido de longe o ano mais quente desde que há registo de temperaturas, já tinha anunciado a agência no mês passado.

Lá diz o ditado, "janeiro quente, traz o Diabo no ventre".

Com Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.