sicnot

Perfil

Mundo

Alta-costura com 5 mil anos

O vestido mais antigo do mundo tem 5 mil anos e foi descoberto num túmulo no Egito. É a primeira peça de roupa do Antigo Egito a ser encontrada praticamente inteira.

PETRIE MUSEUM OF EGYPTIAN ARCHAEOLOGY, UNIVERSITY COLLEGE LONDON

O "Vestido Tarkhan", feito de linho, com acabamentos cuidados, mostra que pertencia a alguém de classe alta. É uma descoberta de enorme raridade, já que poucas peças de roupa do Antigo Egito sobreviveram à desintegração e os têxteis que chegaram até nós, feitos de fibras vegetais ou animais, não são mais que pedaços.

Os novos testes demonstram que este vestido tem mais de 5 mil anos, disse à National Geographic Alice Stevenson, curadora do Museu Petrie de Arqueologia Egípcia de Londres e autora do novo estudo, publicado na revista Antiquity.

Algumas roupas com idade semelhante sobreviveram até aos nossos dias mas são apenas retalhos do tecido que estava a envolver corpos. Este vestido, pelo contrário, além de estar quase inteiro, demonstra ser da alta-costura da época, dado o corte das mangas, o decote em V ou os franzidos, detalhes que só podiam ter sido feitos por um alfaiate muito especializado das classes altas.

Depois de passar 5 milénios num túmulo egípcio, o vestido foi enviado para o Museu Petrie de Arqueologia no início de 1900. Mas só em 1977 os peritos perceberam que não se tratava apenas de um pedaço de tecido mas sim de uma peça de vestuário completa.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.