sicnot

Perfil

Mundo

Europa deverá anunciar hoje se Reino Unido sai ou fica

Os líderes da União Europeia vão tentar alcançar hoje em Bruxelas um compromisso em torno da questão do Reino Unido, no segundo dia de uma cimeira que o presidente do Conselho Europeu classificou como do "ou vai ou racha".

© Russell Cheyne / Reuters

No final do primeiro dia de trabalhos, concluídos já esta madrugada, o presidente do Conselho, Donald Tusk, limitou-se a indicar que "foram feitos alguns progressos" nas discussões sobre as reformas reclamadas pelo Reino Unido para permanecer no bloco europeu, mas salientou que ainda falta "muito" para um compromisso, razão pela qual prosseguiram encontros bilaterais ao longo da madrugada.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, instou os parceiros a realizarem reformas em quatro áreas para fazer campanha pelo 'sim' no referendo sobre a permanência do seu país entre os 28.

Num esboço de conclusões da cimeira de chefes de Estado e do Governo indicavam-se alterações nos abonos de família, assim como a criação de um "mecanismo de alerta e salvaguarda" para "responder às situações de chegada de trabalhadores de outro Estado membro com uma magnitude excecional por um longo período de tempo".

Outras questões em cima da mesa relacionam-se com a competitividade, a governação da zona euro e a soberania nacional.

Na quinta-feira, à chegada ao Conselho Europeu, o primeiro-ministro, António Costa, disse que seria "uma perda imensa" para Portugal se o Reino Unido saísse da União Europeia, mas salientou que a sua permanência não pode ser garantida sacrificando "as regras mais elementares da UE", sob pena de "a União deixar de ser uma união".

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19