sicnot

Perfil

Mundo

Grupo dissidente curdo reivindica ataque diz pretender "destruir" turismo na Turquia

O grupo guerrilheiro curdo Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK) reivindicou esta sexta-feira a autoria do atentado contra uma coluna de autocarros militares em Ancara que provocou 28 mortos na quarta-feira e ameaçou com novos ataques contra o setor turístico.

© Umit Bektas / Reuters

"Em 17 de fevereiro foi efetuado por um guerreiro 'kamikaze' um ataque suicida às 18:30 nas ruas de Ancara contra um 'comboio' de soldados da república fascista turca... O ataque foi realizado pelo Batalhão Imortal dos TAK ", afirma o grupo numa declaração publicada na sua página da internet.

"Esta ação foi conduzida para vingar as pessoas vulneráveis mortas nos subterrâneos de Cizre e os nossos civis feridos", acrescenta a declaração, numa referência à cidade do sudeste de maioria curda onde o exército e a polícia turcas conduziram durante dois meses uma mortífera operação contra os rebeldes e apoiantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a principal formação armada curda da Turquia que luta pela autonomia.

Um comunicado adicional escrito em inglês também avisa os estrangeiros para não visitarem a Turquia, por pretender "destruir" o turismo no país.

"Avisamos os turistas nacionais e estrangeiros para não frequentarem as áreas turísticas na Turquia. Não nos responsabilizamos por quem for morto nos ataques dirigidos contra essas áreas", indica o texto.

Os TAK, surgidos em 2004, são considerados a cisão mais radical do PKK, que garante não ter qualquer controlo sobre esta formação.

Pelo contrário, as autoridades turcas e diversos analistas consideram esta formação como uma "emanação" do PKK, utilizada parra reivindicar atentados que poderiam prejudicar a imagem da guerrilha, em particular se provocarem a morte de civis.

No comunicado os TAK difundiram a foto de Zinar Raperin, um homem nascido em 1989 em Van (leste) e apresentado como o autor do atentado.

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan e o seu primeiro-ministro Ahmet Davutoglu têm referido que o atentado foi perpetrado pelos combatentes curdos sírios das Unidades de proteção do povo (YPG), com o apoio do PKK.

Davutoglu também indicou que o 'kamikaze' era um sírio de 23 anos, Salih Necar, considerado próximo das YPG. Diversos 'media' turcos referiram ter sido identificado através das impressões digitais, registadas logo após a sua chegada à Turquia na qualidade de refugiado.

Saleh Muslim, líder do Partido da união democrática (PYD), o ramo político das YPG, e um dos responsáveis do PKK, Cemil Bayik, tinham negado estas acusações.

Os TAK já tinham reivindicado um ataque com morteiro em 23 de dezembro contra o aeroporto Sabiha Gokçen de Istambul, que provou a morte de uma funcionária e danos em cinco aviões.

Lusa

  • Explosão em Ancara faz 28 mortos
    2:25

    Mundo

    Uma explosão em Ancara, na Turquia, que fez 28 mortos e mais de 60 feridos. O ataque com um carro armadilhado ocorreu numa zona com forte presença militar que fica a 300 metros do Parlamento turco.

  • Turquia atribui atentado de Ancara ao PKK e às milícias curdas
    1:21

    Mundo

    A Turquia acusa o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e as milícias curdas da Síria de responsabilidade pelo atentado de ontem em Ancara que matou 28 pessoas e feriu 65. Já esta manhã, num novo atentado, seis soldados turcos foram mortos no sudeste do país , numa provincia de maioria curda.

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.