sicnot

Perfil

Mundo

Sanders reduz mais de metade a distância para Clinton entre eleitores democratas

O pré-candidato presidencial Bernie Sanders diminui em mais de metade a distância que o separava de Hillary Clinton nas eleições internas do Partido Democrático, segundo um estudo de opinião divulgado hoje.

Jacquelyn Martin

A sondagem telefónica, realizada pela cadeia televisiva NBC e pelo The Wall Street Journal atribui a Clinton 53% das preferências eleitorais entre os votantes democratas registados e 42% a Sanders.

Há um mês, o mesmo inquérito atribuía 59% a Clinton a 34% a Sanders, que vê assim reduzida a distância para a sua rival de 25 para 11 pontos percentuais.

A sondagem foi realizada entre 14 e 16 de fevereiro, depois das consultas internas no Estado do Iowa, que a ex-secretária de Estado ganhou por uma reduzidíssima margem, e no Estado do New Hampshire, com uma vitória clara do senador pelo Estado do Vermont.

A sondagem também incluiu perguntas sobre possíveis confrontos entre candidatos democratas e republicanos, com diferentes combinações.

Um duelo entre Clinton e o republicano Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro seria vencido pela primeira, com 50% dos votos, contra 40% do republicano, mas no cenário Clinton contra Ted Cruz a sondagem indicou um empate em 46%.

Ainda segundo este inquérito de opinião, Sanders venceria os confrontos com estes adversários republicanos, batendo Trump, com 53% dos votos contra 47%, e Cruz, com 50% contra 40%.

A sondagem telefónica foi feita com consulta a 800 votantes registados, divididos em partes iguais entre democratas e republicanos, e tem uma margem de erro de 3,5%.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.