sicnot

Perfil

Mundo

Washington apresenta recurso para obrigar Apple a desbloquear o iPhone

O Departamento de Justiça norte-americano apresentou hoje um recurso exigindo uma ordem judicial que obrigue a Apple a desbloquear o iPhone de um autor do atentado que fez 14 mortos no ano passado, na Califórnia, para ajudar a investigação.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mike Segar / Reuters

«A decisão não requer, ao contrário do que sustenta a declaração pública da Apple, que a Apple crie ou forneça uma backdoor para todos os iPhone», refere o documento.

Esta iniciativa, que faz subir mais um degrau na batalha judicial em torno da encriptação de dados nos Estados Unidos, visa acelerar os esforços para obrigar o gigante tecnológico Apple a colaborar com o FBI.

Uma juíza da Califórnia tinha decidido esta semana que a Apple deveria fornecer «uma assistência técnica razoável» ao FBI, que ainda não conseguiu aceder ao conteúdo do telefone de Sayed Farook, dois meses após o tiroteio em San Bernardino.

A Apple contestou, no entanto, um pedido «sem precedentes», com«implicações que vão bem além do caso judicial em apreço», e queixou-se de que isso equivaleria a criar uma backdoor, uma «entrada de serviço» que poderia enfraquecer a segurança do aparelho e dos seus clientes.

O recurso do ministério público indica, por seu lado, que, com base nas suas declarações públicas, a Apple parece assentar a sua defesa em «preocupações de marketing» e que ninguém pediu è empresa para fornecer software que possa ser utilizado por piratas informáticos.

Uma audiência sobre a questão está agendada para o próximo dia 22 de março.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.