sicnot

Perfil

Mundo

Washington apresenta recurso para obrigar Apple a desbloquear o iPhone

O Departamento de Justiça norte-americano apresentou hoje um recurso exigindo uma ordem judicial que obrigue a Apple a desbloquear o iPhone de um autor do atentado que fez 14 mortos no ano passado, na Califórnia, para ajudar a investigação.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mike Segar / Reuters

«A decisão não requer, ao contrário do que sustenta a declaração pública da Apple, que a Apple crie ou forneça uma backdoor para todos os iPhone», refere o documento.

Esta iniciativa, que faz subir mais um degrau na batalha judicial em torno da encriptação de dados nos Estados Unidos, visa acelerar os esforços para obrigar o gigante tecnológico Apple a colaborar com o FBI.

Uma juíza da Califórnia tinha decidido esta semana que a Apple deveria fornecer «uma assistência técnica razoável» ao FBI, que ainda não conseguiu aceder ao conteúdo do telefone de Sayed Farook, dois meses após o tiroteio em San Bernardino.

A Apple contestou, no entanto, um pedido «sem precedentes», com«implicações que vão bem além do caso judicial em apreço», e queixou-se de que isso equivaleria a criar uma backdoor, uma «entrada de serviço» que poderia enfraquecer a segurança do aparelho e dos seus clientes.

O recurso do ministério público indica, por seu lado, que, com base nas suas declarações públicas, a Apple parece assentar a sua defesa em «preocupações de marketing» e que ninguém pediu è empresa para fornecer software que possa ser utilizado por piratas informáticos.

Uma audiência sobre a questão está agendada para o próximo dia 22 de março.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20