sicnot

Perfil

Mundo

Casamento com três mil casais na Coreia do Sul

GALERIA DE FOTOS

Milhares de casais participaram hoje num casamento em massa promovido pela Igreja da Unificação na Coreia do Sul, com a viúva do fundador da instituição, Sun Myung Moon, a presidir ao evento num estádio desportivo.

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

© Kim Hong-Ji / Reuters

Três mil casais vestidos de igual provenientes de 62 países, incluindo 1.000 novos casais e 2.000 pares já casados, participaram na cerimónia que se prolongou por três horas em Gapyeong, local da sede da igreja na Coreia do Sul.

Os casamentos em massa, frequentemente realizados em estádios com milhares de casais, têm sido uma das atividades de assinatura da igreja, fundada por Moon em 1954.

Sun Myung Moon morreu em setembro de 2012, com 92 anos. A viúva, Hak Ja Han, que presidiu à cerimónia de hoje, instou os crentes a fazerem esforços para completar a missão de "construir o céu na terra" até ao ano de 2020.

A igreja começou a organizar estes eventos nos anos 1960, no início apenas com algumas dezenas de casais, mas desde então os números cresceram exponencialmente.

Em 1997, 30.000 casais deram o nó em Washington e dois anos depois cerca de 21.000 encheram o Estádio Olímpico em Seul.

A maioria era apresentada pessoalmente por Moon, que acreditava que o amor romântico levava à promiscuidade e ao desentendimento, gerando sociedades disfuncionais.

A preferência de Moon para a mistura de diferentes culturas significava que muitas vezes os casais não tinham uma língua em comum.

Com Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.