sicnot

Perfil

Mundo

Ciclone nas ilhas Fiji faz pelo menos cinco mortos

O ciclone Winston, que chegou no sábado às ilhas Fiji, já causou pelo menos cinco mortos e uma vasta destruição naquele país do Pacífico habitado por 881.000 pessoas.

© Handout . / Reuters

Considerado o mais forte ciclone naquela região, o Wisnston chegou às Fiji com ventos de 230 quilómetros por horas e rajadas de 325 quilómetros por hora, segundo a agência Efe.

O primeiro-ministro das Fiji, Voreqe Bainimarama, também conhecido por Frank Bainimarama, confirmou hoje as cinco vítimas morais, segundo o diário neozelandês New Zealand Herald.

As autoridades trabalham para fornecer abrigo, água e saneamento às vítimas.

Lusa

  • Ciclone nas Fiji faz um morto
    1:09

    Mundo

    Pelo menos uma pessoa morreu no ciclone Winston que passou este sábado pela Fiji. O mais violento ciclone que atingiu o arquipélago levou o Governo a decretar o estado de catástrofe natural. A tempestade atingiu a categoria 5, o nível máximo força.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC