sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte propôs tratado de paz antes de teste nuclear

Os Estados Unidos confirmaram hoje que a Coreia do Norte lhes propôs debater um eventual "tratado de paz" para a península coreana, uma oferta que depressa foi ultrapassada pela recusa de Pyongyang de reduzir o seu arsenal nuclear.

Pyongyang anunciou há quase uma semana a colocação de um satélite em órbitra através do lançamento de um míssil de longo alcance.

Pyongyang anunciou há quase uma semana a colocação de um satélite em órbitra através do lançamento de um míssil de longo alcance.

© KYODO Kyodo / Reuters

O departamento de Estado reagiu a um artigo online do Wall Street Journal em que se lê, citando responsáveis norte-americanos, que alguns "dias antes do mais recente teste nuclear norte-coreano (06 de janeiro), o Governo Obama deu secretamente o seu acordo a negociações para tentar pôr formalmente fim à Guerra da Coreia", que pôs a Coreia do Sul e a Coreia do Norte, entre 1950 e 1953.

"Para ser claro, foram os norte-coreanos quem propôs discutir um tratado de paz. Nós analisámos atentamente a proposta deles e dissemos claramente que a desnuclearização teria de fazer parte de qualquer negociação", explicou o porta-voz da diplomacia norte-americana, John Kirby, em Amã, aos jornalistas que viajam com o secretário de Estado, John Kerry.

"O Norte rejeitou a nossa resposta", que "era coerente com o nosso objetivo de longa data, de uma desnuclearização", justificou Kirby, sem dizer a quando remontava a proposta norte-coreana.

Segundo o Wall Street Journal, Washington recebeu a proposta de Pyongyang antes do teste nuclear de 6 de janeiro. Os Estados Unidos terão então proposto "que o programa nuclear militar da Coreia do Norte faça parte das discussões".

Ainda de acordo com o diário norte-americano, os Estados Unidos apenas exigiram, portanto, que a redução do arsenal nuclear do regime comunista fosse uma "condição para as negociações".

Esse contacto exploratório, que terá ocorrido nas Nações Unidas, em Nova Iorque -- onde norte-americanos e norte-coreanos costumam falar de maneira informal, na ausência de relações diplomáticas -, rapidamente ficou sem efeito, e Pyongyang procedeu, a 06 de janeiro, ao seu quarto teste nuclear, após os realizados em 2006, 2009 e 2013.

Em resposta, o Conselho de Segurança da ONU condenou por unanimidade este novo teste e prometeu reforçar as sanções internacionais já impostas à Coreia do Norte.

Na quinta-feira, o Presidente norte-americano, Barack Obama, promulgou uma lei, aprovada uma semana antes pelo Congresso, prevendo novas sanções para Pyongyang.

Os Estados Unidos tentaram, igualmente em janeiro, sem êxito, convencer a China, aliada da Coreia do Norte, a pressionar mais Pyongyang e apoiar uma eventual nova resolução da ONU.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.