sicnot

Perfil

Mundo

Astronautas da Apollo 10 ouviram uma "música do outro mundo" no lado oculto da Lua

Os astronautas da missão Apollo 10 ouviram uma "misteriosa" e "inexplicável" música "do outro mundo" quando passaram pelo lado escuro da Lua, em 1969. Um novo programa de televisão nos EUA volta a falar da estranha história que foi revelada em 2008.

Reuters

Em 1969, dois meses antes da histórica missão Apollo 11 que levou os primeiros homens à Lua, a Apollo 10 entrou na órbita lunar, o que implicou viajar até ao lado do satélite que nunca vemos cá da Terra. Desse lado, é impossível comunicar para Terra e, durante cerca de uma hora, nem astronautas nem "terráqueos" se conseguiram ver ou ouvir.

Sempre se pensou que toda a missão tinha corrido sem percalços. Até que, cerca de 40 anos depois, foram divulgadas as gravações áudio que revelaram que os três astronautas da Apollo 10 tinham vivido uma estranha experiência quando passaram pelo lado negro da Lua.

Nas gravações ouve-se "uma música estranha, fora deste mundo, a ser emitida pelo rádio do módulo Apollo", revela um documentário do Canal Science, "Os ficheiros da NASA por explicar". A transmissão desse som durou quase uma hora e, no final, os astronautas estavam tão surpreendidos que discutiram se iriam contar ou não ao Controlo da Missão.

"Parece música do outro mundo", disse um dos astronautas.

"Ouviste isto? Este som sibilante? Whooooooooo!", disse outro.

"Bem, isto é mesmo uma música estranha," responde outro.

As transcrições da missão Apollo 10 foram classificadas e ficaram fechadas nos arquivos da NASA até 2008, altura em que se iniciou o debate sobre a origem daqueles sons estranhos.

Em declarações ao documentário norte-americano, o astronauta Alfred Worden da missão Apollo 15, refere que a tripulação da Apollo 10 estava muito treinada para reconhecer todo o tipo de sons que poderiam escutar em órbita.

Uma das explicações possíveis para a estranha música seria a interferência de ações magnéticas com sinais de rádio, mas há especialistas que defendem que a Lua não tem campo magnético e os sinais rádio não passam para o lado negro da lua.