sicnot

Perfil

Mundo

Bashar al-Assad marca eleições na Síria para 13 de abril

O Presidente da Síria, Bashar al-Assad, anunciou esta segunda-feira que as eleições legislativas se vão realizar a 13 de abril, depois dos Estados Unidos e da Rússia anunciarem um plano de cessar-fogo.

SANA HANDOUT

As eleições legislativas foram anunciadas por decreto presidencial, que também fixa o número de lugares atribuídos a cada província do país. As últimas eleições legislativas ocorreram em 2012.

Um acordo de cessar-fogo vai entrar em vigor à meia-noite de sábado em Damasco (2:00 de sábado em Lisboa), refere um comunicado comum entre os Estados Unidos e a Rússia, divulgado em Washington pelo Departamento de Estado.

A cessação das hostilidades, que desde há cinco anos provocou centenas de milhares de mortos e milhões de refugiados, não abrange no entanto o daesh e a Frente al-Nursa, o ramo da Al-Qaida na Síria.

«A cessação das hostilidades aplica-se às partes envolvidas no conflito sírio que indicaram que vão respeitar e aplicar os termos» do acordo, acrescenta o comunicado.

As partes deverão indicar aos Estados Unidos ou à Rússia a sua adesão a este acordo até às 12:00 locais (14:00 em Lisboa) de sexta-feira.

Segundo o decreto presidencial, os eleitores vão eleger 250 membros para a Assembleia do Povo distribuídos pelas províncias de Damasco, Aleppo, Homs, Hama, Lattakia, Idleb, Tartous, Raqqa, Deir Ezzor, Hasaka, Daraa, Sweida e Quneitra.

Lusa

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona era de Lisboa e há uma outra portuguesa desaparecida. Uma pessoa morreu e cinco suspeitos foram abatidos num segundo ataque esta madrugada em Cambrils. Já foram feitas quatro detenções, as buscas centram-se num nome: Moussa Oukabir. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Driss Oukabir: suspeito do atentado ou vítima de roubo de identidade?
    2:40

    Ataque em Barcelona

    Um dos dois suspeitos, do ataque nas Ramblas, detidos pela polícia foi inicialmente identificado como Driss Oukabir, um homem de 28 anos. Mais tarde, um homem com o mesmo nome apresentou-se numa esquadra em Girona, a mais de 100 quilómetros do local do atropelamento afirmando que lhe tinha sido roubada a identificação. De acordo com alguma imprensa espanhola, poderá ter sido o irmão, Moussa Oukabir, um jovem de 18 anos que vive em Barcelona, como explicou também Nuno Rogeiro, comentador da SIC.

  • "O abandono provoca incêndios desta dimensão"
    0:55

    País

    O antigo vereador da Câmara de Mação José Silva acredita que a desertificação do interior também é, em parte, responsável pelos incêndios. Segundo José Silva, Mação tem cada vez menos habitantes e é por essa razão que os terrenos são deixados ao abandono.

  • Mação perdeu 80% da área florestal
    3:39
  • Ágata candidata-se à Câmara de Castanheira de Pera
    3:42