sicnot

Perfil

Mundo

Homem de 58 anos morre depois de passar mais de 24 horas a jogar

Um taiwanês, de 58 anos, morreu num cibercafé após passar mais de 24 horas a jogar ininterruptamente um famoso jogo de combate, provavelmente devido a uma paragem cardíaca, informaram hoje fontes da empresa à agência Efe.

Taiwanês morre num cibercafé depois de passar mais de 24 horas a jogar

Taiwanês morre num cibercafé depois de passar mais de 24 horas a jogar

© Jonathan Alcorn / Reuters


O homem, de apelido Chen, costumava jogar 24 horas seguidas no cibercafé, quase sempre um jogo de combate, foi encontrado morto há dois dias, explicou um funcionário à agência noticiosa espanhola.

"24 horas depois de ter começado a jogar notámos que estava a dormir e pensámos que estava a descansar e não o quisemos acordar, apesar de já terem passado as horas pelas quais pagou", disse o funcionário, indicando que na manhã do dia seguinte, quando já havia passado 36 horas no cibercafé, os empregados aproximaram-se para o acordar, reparando então que o seu corpo estava rígido e frio, tendo chamado uma ambulância.

"Ao seu lado havia outros clientes e todos pensaram que estava a dormir, porque é costume para muitas pessoas que passam dias inteiros em cibercafés", acrescentou o mesmo funcionário.

Um porta-voz da polícia do distrito de Zhongzheng, onde ocorreu o caso, disse que as investigações preliminares apontam que a morte ter-se-á devido a uma paragem cardíaca ou a outro problema do coração.

Esta foi a segunda morte num cibercafé da ilha Formosa no último ano.

Uma mulher de 37 anos, de apelido Chu, morreu a 23 de agosto de 2015 na cidade de Hsinchu, no norte de Taiwan, também num espaço de videojogos.

Os cibercafés taiwaneses têm muitas vezes pequenos cubículos para se poder dormir, chuveiros e outros serviços, incluindo encomenda de comida, de modo a que os clientes possam praticamente viver no seu interior.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.