sicnot

Perfil

Mundo

Obama e Putin falam ao telefone sobre acordo de cessar-fogo na Síria

Os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e da Rússia, Vladimir Putin, falaram hoje ao telefone sobre o acordo entre os dois países para um cessar-fogo na Síria a partir de sábado.

© POOL New / Reuters

A pedido de Vladimir Putin, os dois chefes de Estado falaram por telefone sobre o acordo "para alcançar um cessar-fogo nas hostilidades na Síria", informou, na conferência de imprensa diária, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

"Este é um momento de oportunidade e temos esperança de que todas as partes o capitalizem", afirmou o porta-voz da Casa Branca, acrescentando que o acordo vai ser difícil de aplicar.

Um acordo de cessar-fogo vai entrar em vigor da Síria às 00:00 de sábado em Damasco (02:00 de sábado em Lisboa), refere um comunicado comum entre os Estados Unidos e a Rússia, divulgado em Washington pelo Departamento de Estado.

A cessação das hostilidades -- que desde há cinco anos provocou centenas de milhares de mortos e milhões de refugiados -- não abrange no entanto o grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) e a Frente al-Nursa, o ramo da Al-Qaida na Síria.

"A cessação das hostilidades aplica-se às partes envolvidas no conflito sírio que indicaram que vão respeitar e aplicar os termos" do acordo, acrescenta o comunicado.

As partes deverão indicar aos Estados Unidos ou à Rússia a sua adesão a este acordo até às 12:00 locais (14:00 em Lisboa) de sexta-feira.

Lusa

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.