sicnot

Perfil

Mundo

Publicitário que fez campanha de Dilma Rousseff detido em investigação sobre corrupção

A Polícia Federal do Brasil desencadeou a 23.ª fase da operação que investiga os casos de corrupção na Petrobras, prendendo o publicitário João Santana, responsável por campanhas eleitorais do Partido do Trabalhadores (PT), da Presidente Dilma Rousseff.

(arquivo)

(arquivo)

Fernando Bizerra Jr.

Segundo a investigação policial, empresas com sede em paraísos fiscais e ligadas à construtora Odebrecht fizeram transferências no valor de 2,7 milhões de euros (3 milhões de dólares) para contas do publicitário na Suíça, entre 2012 e 2013.

A ação policial foi realizada no início da manhã de hoje nas cidades de São Paulo, Campinas e Poá, Salvador, Camaçari, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Mangaratiba e Petrópolis.

A operação cumpriu medidas cautelares emitidas pela Justiça em conexão com um suposto responsável por fazer pagamentos ilícitos da Petrobras e um grupo de pessoas.

A operação Lava Jato investiga grandes empresas brasileiras que obtiveram contratos manipulados da Petrobras, inflacionando os valores nas licitações e dividindo a diferença com ex-diretores da petrolífera e políticos que apoiaram aquelas manobras.

Além da Odebrecht, cerca de vinte outras companhias e cinquenta políticos estão a ser investigados, muitos deles integrando partidos da base política que apoia no Congresso de Deputados (parlamento) o governo de Dilma Rousseff.

A própria Petrobras reconheceu, num balanço divulgado no ano passado, que entre 2004 e 2014 teve prejuízos financeiros superiores a 2 mil milhões de euros com desvios de dinheiro e corrupção.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.