sicnot

Perfil

Mundo

Coluna humanitária entra na cidade sitiada de Kafr Batna nos arredores de Damasco

Uma coluna humanitária da ONU e do Crescente Vermelho Árabe Sírio (federada da Cruz Vermelha Internacional) chegou hoje à cidade síria sitiada de Kafr Batna, o principal bastião da oposição localizado nos arredores de Damasco.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Ammar Abdullah / Reuters

Numa mensagem na rede social Twitter, o gabinete de coordenação dos assuntos humanitários da ONU (OCHA) na Síria informou que a coluna transportou alimentos e medicamentos para cerca de 10 mil pessoas em Kafr Batna.

A organização Crescente Vermelho Árabe Sírio confirmou, também através do Twitter, o envio de 15 camiões com ajuda humanitária para Kafr Batna.

Há cerca de uma semana, o governo sírio autorizou a ONU a enviar ajuda humanitária para oito localidades sírias sitiadas, incluindo Kafr Batna, cercada pelas forças do regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad.

Esta autorização surgiu depois de uma visita a Damasco do enviado especial das Nações Unidas para a Síria, o veterano diplomata italo-sueco Staffan de Mistura.

Na capital síria, o diplomata reuniu-se na altura com o ministro dos Negócios Estrangeiros sírio, Walid al-Mualem, e, depois do encontro, afirmou que a ONU ia tentar levar ajuda às áreas sitiadas, uma ação que, segundo o enviado especial, iria testar a vontade do governo sírio.

Nos dias seguintes foram organizadas várias colunas humanitárias que transportaram alimentos e medicamentos, entre outros bens, para várias populações cercadas tanto pelas forças pró-regime como pelos grupos da oposição.

Segundo a ONU, cerca de 486.000 pessoas vivem em 18 zonas cercadas no território sírio, a maioria por forças militares do regime, e precisam de uma ajuda urgente.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.