sicnot

Perfil

Mundo

Cinco vulcões em processo de erupção na Nicarágua

O vulcão San Cristobal converteu-se hoje no quinto em processo de erupção na Nicarágua, juntamente com o Momotombo, o Masaya, o Cerro Negro e o Telica, anunciou o Gabinete Nacional para a Gestão de Risco.

Vulcão Cerro Negro na Nicarágua. (Arquivo/Reuters)

Vulcão Cerro Negro na Nicarágua. (Arquivo/Reuters)

© STR New / Reuters

A atividade do San Cristobal começou às 09:30 locais (15:03 TMG), segundo os registos do Instituto Nicaraguense de Estudos Territoriais (Ineter).

As explosões não cessaram, ainda que sejam pequenas, de acordo com o sistema de controlo do Ineter.

Na semana passada, o governo da Nicarágua classificou a atividade vulcânica atual de "inusitada", embora afirmando que não representa perigo, a curto prazo, para a população.

O San Cristobal, de 1.745 metros de altura, encontra-se na península de Cosiguina, no extremo noroeste da Nicarágua, região onde se têm registado vários sismos desde o fim de semana.

Tanto o San Cristobal como o Momotombo, o Masaya, o Cerro Negro e o Telica, pertencem à chamada "cordilheira dos vulcões" da Nicarágua, que, por sua vez, forma parte do "cinturão de fogo" do Oceano Pacífico, a zona geológica mais ativa da Terra.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.