sicnot

Perfil

Mundo

Ilha canadiana oferece-se para acolher norte-americanos anti-Trump

Uma ilha canadiana propõe-se acolher os norte-americanos que se opõem a Donald Trump caso o milionário norte-americano, na corrida republicana para a Casa Branca, for eleito Presidente dos Estados Unidos em novembro.

Um cartaz do candidato presidencial conservador, Donald Truump à porta de uma casa em West Des Moines, Iowa, nos Estados Unidos

Um cartaz do candidato presidencial conservador, Donald Truump à porta de uma casa em West Des Moines, Iowa, nos Estados Unidos

© Jim Young / Reuters

Um site da Internet concebido por um animador de rádio encoraja os norte-americanos a instalarem-se na ilha de Cabo Bretão, situada na província da Nova Escócia, a 400 quilómetros da fronteira norte-americana, se Donald Trump vencer a eleição presidencial.

O endereço oferece igualmente uma ligação para o posto de turismo da ilha, destacando a habitação a preços acessíveis, bem como sistema de saúde universal do Canadá, numa alusão aos discursos extravagantes do magnata do imobiliário na campanha republicana.

"Não espere que Donald Trump seja eleito Presidente para encontrar outro lugar para viver", explica o site.

"Comece já hoje e, no dia do escrutínio, só terá de apanhar um autocarro para começar a nova vida no Cabo Bretão, onde as mulheres podem abortar, os muçulmanos circulam livremente e os muros servem apenas para erguer as nossas casas", lê-se na página.

A responsável turística da ilha, Mary Tulle, disse à agência France Press que "não fazem discriminação segundo a filiação política" e que "todas as pessoas são bem vindas", sublinhando os laços históricos e comerciais com os Estados Unidos da América.

Como a sua mãe fala escocês, "o próprio Donald Trump pode vir", afirmou, acrescentando que a ilha foi colonizada por escoceses.

Devido ao interesse que os media norte-americanos dedicaram ao site, o posto de turismo da ilha recebeu mais de 300.000 visitas numa semana, mais do que em todo o ano passado, segundo a mesma responsável.

"Recebemos 5.000 pedidos de informação específicos sobre a ilha por parte de norte-americanos, sobre a imigração para o Canadá, as oportunidades de trabalho e o imobiliário", precisou.

Lusa

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Rui Rio comprometeu-se a realizar apenas dois debates
    0:45

    País

    Rui Rio disse esta terça-feira que foi apanhado de surpresa com a mudança de posição de Pedro Santana Lopes, que exige três debates entre os dois candidatos à liderança do PSD nos canais generalistas. Rui Rio reiterou ainda que se comprometeu a fazer apenas dois debates.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.