sicnot

Perfil

Mundo

Indonésia quer fechar bairros de prostituição até 2019

A Indonésia quer erradicar até 2019 a prostituição em uma centena de locais em todo o país, anunciaram hoje as autoridades, após uma tentativa controversa para eliminar os bordéis num distrito da capital.

Soldados e polícias indonésios num dos bairros de prostituição em Jacarta.

Soldados e polícias indonésios num dos bairros de prostituição em Jacarta.

© Antara Photo Agency / Reuters

O governo vai dar ordens às autoridades locais para fechar cerca de 100 zonas de prostituição em todo o país, disse Sonny Manalu, responsável do Ministério dos Assuntos Sociais.

"Consideramos que as zonas de prostituição têm consequências nefastas para as crianças que vivem nas proximidades", disse Sonny Manalu à AFP.

"A prostituição não pode ser erradicada da face da Terra mas devemos tentar impedir que ela corrompa a nossa juventude", acrescentou.

As autoridades tentam, há vários dias, encerrar os bordéis clandestinos e bares de Kalijodo, conhecida zona de prostituição de Jacarta.

A prostituição é ilegal na Indonésia, mas está fortemente presente nas grandes cidades.

Lusa

  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor