sicnot

Perfil

Mundo

Indonésia quer fechar bairros de prostituição até 2019

A Indonésia quer erradicar até 2019 a prostituição em uma centena de locais em todo o país, anunciaram hoje as autoridades, após uma tentativa controversa para eliminar os bordéis num distrito da capital.

Soldados e polícias indonésios num dos bairros de prostituição em Jacarta.

Soldados e polícias indonésios num dos bairros de prostituição em Jacarta.

© Antara Photo Agency / Reuters

O governo vai dar ordens às autoridades locais para fechar cerca de 100 zonas de prostituição em todo o país, disse Sonny Manalu, responsável do Ministério dos Assuntos Sociais.

"Consideramos que as zonas de prostituição têm consequências nefastas para as crianças que vivem nas proximidades", disse Sonny Manalu à AFP.

"A prostituição não pode ser erradicada da face da Terra mas devemos tentar impedir que ela corrompa a nossa juventude", acrescentou.

As autoridades tentam, há vários dias, encerrar os bordéis clandestinos e bares de Kalijodo, conhecida zona de prostituição de Jacarta.

A prostituição é ilegal na Indonésia, mas está fortemente presente nas grandes cidades.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.