sicnot

Perfil

Mundo

Trump conquista mais um Estado norte-americano

O candidato Donald Trump soma já três vitórias consecutivas, depois de ter ganho as eleições primárias em New Hampshire e na Carolina do Sul, agora chegou a vez do Nevada.

Donald Trump, candidato republicano às eleições presidenciais dos EUA

Donald Trump, candidato republicano às eleições presidenciais dos EUA

© Jim Young / Reuters

Com LusaO magnata norte-americano Donald Trump venceu hoje as eleições primárias do Partido Republicano no estado do Nevada, com larga vantagem em relação aos rivais Marco Rubio e Ted Cruz, segundo projeções das televisões dos Estados Unidos.

Trump consegue assim a sua terceira vitória consecutiva nos quatros processos eleitorais para a candidatura presidencial realizados até à data, depois de ter ganho as primárias em New Hampshire (09 de fevereiro) e Carolina do Sul (20 de fevereiro).

"Dentro de pouco tempo vão estar orgulhosos do vosso Presidente e ainda mais orgulhosos do vosso país", disse Trump num comício para apoiantes, que responderam às palavras do magnata gritando o seu nome.

As projeções, difundidas pela CNN, Fox News ou NBC News, foram divulgadas logo após o encerramento das mesas de voto, pelas 21 horas no Nevada (05:00 em Lisboa).

Segundo a contagem oficial de 6% dos votos, Trump obteve 42,9%, seguido dos senadores Marco Rubio (25,2%) e Ted Cruz (20,4%), noticia a agência Efe.

A grande distância ficaram os outros dois pré-candidatos pelo Partido Republicano -- o neurocirurgião retirado Ben Carson (7,2%) e o governador do Ohio, John Kasich (4%).

A única derrota do multimilionário até agora teve lugar no 'caucus' (assembleias populares) do Iowa, onde ficou em segundo lugar, atrás de Cruz.

Com Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.