sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas chineses criam esperma funcional com células embrionárias de ratos

Cientistas chineses anunciaram hoje ter criado esperma funcional, usando células estaminais embrionárias de ratos, que foi injetado em ovócitos de fêmeas, que geraram crias normais.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Alessandro Bianchi / Reuters

Os investigadores manipularam células estaminais embrionárias dos roedores machos, para que se tornassem células reprodutoras similares às que formam o esperma.

Em seguida, as células foram injetadas em ovócitos, que produziram embriões, implantados, por sua vez, em fêmeas, que deram à luz crias totalmente normais.

A investigação, publicada hoje na revista Cell Stem Cell, fornece uma base de trabalho que, segundo os seus autores, pode vir a ser utilizada no tratamento da infertilidade masculina.

"Reproduzir as células germinativas 'in vitro' é o principal objetivo da biologia e da medicina reprodutiva", assinalou, citado pela agência AFP, um dos autores do estudo, Jiahao Sha, da Faculdade de Medicina da Universidade de Nanjing, na China.

As células germinativas provêm das células estaminais e estão na origem da formação das células reprodutoras: os espermatozoides (homens) e os ovócitos (mulheres).

Estas células contêm toda a informação genética de uma pessoa e que é transmitida ao embrião.

Uma das principais causas da infertilidade masculina é a incapacidade de se criarem células germinativas nos testículos, sem as quais não é possível formar esperma viável, de acordo com os cientistas chineses.

O próximo passo do seu trabalho será avaliar os mecanismos moleculares que controlam a meiose e testar os resultados noutros animais, sobretudo em primatas, com o objetivo de estudá-los em humanos.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica da delegação portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, realizou-se esta segunda-feira. A visita serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.