sicnot

Perfil

Mundo

Um milhão de pessoas participam em estudo para prevenção de cancro nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram hoje que um estudo médico, no âmbito de uma iniciativa da Casa Branca para melhorar o tratamento de doenças e cancro, vai envolver um milhão de pessoas.

Francis Collins, diretor do Instituto Nacional de Saúde, e Barack Obama, presidente norte-americano.

Francis Collins, diretor do Instituto Nacional de Saúde, e Barack Obama, presidente norte-americano.

© Jason Reed / Reuters

O Presidente norte-americano, Barack Obama, falou pela primeira vez da Iniciativa Medicina de Prevenção em janeiro de 2015.

A iniciativa, que já foi financiada com 21 milhões de dólares (19 milhões de euros), tem como objetivo "acelerar uma nova era da medicina que proporciona o tratamento certo, no momento certo para as pessoas, tendo em conta a sua saúde, genes, ambiente e estilo de vida", referiu a Casa Branca, em comunicado, que detalha uma série de iniciativas.

Nelas, está incluída a primeira fase da Iniciativa Medicina de Prevenção, que deverá incluir um milhão de voluntários norte-americanos.

O diretor do Instituto Nacional de Saúde, Francis Collins, descreveu o projeto como um "estudo de pesquisa longitudinal para aumentar a compreensão de como se pode melhorar a saúde e tratar a doença".

A medicina de prevenção visa transformar o tratamento de doença que vão desde o cancro até à doença mental e incorpora a realização de testes moleculares, análises genéticas e fatores ambientais para o tratamento de cada um dos pacientes.

Lusa

  • Obama promete ir a Cuba falar de direitos humanos

    Mundo

    O Presidente dos EUA anunciou hoje que irá a Cuba com a mulher a 21 e 22 de março. Barack Obama informou que irá encontrar-se com elementos da sociedade civil e abordar com as autoridades cubanas a questão dos direitos humanos. A última vez que um Presidente dos EUA esteve em solo cubano foi em 1928, era Presidente Calvin Coolidge.

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01