sicnot

Perfil

Mundo

Putin acusa "inimigos estrangeiros" de tentarem perturbar próximas eleições

O presidente russo, Vladimir Putin, advertiu hoje que "inimigos estrangeiros" estão a tentar perturbar as próximas eleições legislativas e pediu ao serviço de segurança para estar atento.

© RIA Novosti / Reuters

Em setembro, realizam-se na Rússia eleições legislativas, mas os críticos receiam que a votação seja mais uma vez manipulada pelo Kremlin e que poucos candidatos da oposição sejam autorizados a concorrer.

Dirigindo-se ao Serviço Federal de Segurança (FSB, serviços secretos), Putin disse saber com base em documentos na sua posse que "infelizmente, (...) inimigos estrangeiros estão, também, a preparar-se para estas eleições".

Adiantou que os serviços de informações estrangeiros se tornaram mais ativos na Rússia no último ano e que dos 400 espiões estrangeiros e agentes expostos, 23 foram processados.

No ano passado, registaram-se mais de 24 milhões de ciberataques a 'sites' estatais russos e a sistemas de informação, disse ainda Putin.

"É claro que é necessário parar quaisquer tentativas do exterior de interferir nas eleições, na nossa vida política interna", salientou.

"Compete ao FSB e a outras agências fazerem tudo para impedir as atividades daqueles que estão a tentar ou poderão tentar utilizar slogans nacionalistas, xenófobos ou radicais para causar divisão na nossa sociedade", disse Putin, segundo um texto divulgado pelo Kremlin.

Segundo analistas, apesar de murmúrios de descontentamento e de protestos contra salários em atraso e outros problemas económicos, o partido no poder controlado pelo Kremlin, Rússia Unida, deverá ganhar as eleições.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.