sicnot

Perfil

Mundo

Governo russo admite morte de 26 mineiros após explosão em mina de carvão

O Governo russo admitiu hoje a morte de 26 mineiros desaparecidos após uma explosão numa mina de carvão no norte do país, acrescentando que seis operacionais morreram esta madrugada durante uma operação de resgate falhada.

"Há muitos mortos. Não há esperança de que as 26 pessoas que se encontram na mina estejam vivas. Podemos dizer que as vítimas mortais ascendem a 36", afirmou Arkady Dvorkovich, vice-primeiro ministro russo à imprensa local, citado pela agência de notícias espanhola, EFE.

Além dos 26 mineiros presos no subsolo e dos seis operadores de serviços de emergência que morreram no decorrer da operação de resgate falhada, outros quatro trabalhadores já tinham morrido desde o acidente.

"Estamos diante de um grande desastre para a Rússia e para a nossa indústria do carvão", lamentou Dvorkovich.

Antes destas declarações do governante russo, a companhia que explora esta unidade já tinha dado como mortos os 26 mineiros e anunciado a fim das operações de salvamento.

A mina "Sévernaya" está em laboração desde 1966.

O último acidente registado nesta mina aconteceu em julho de 2011, do qual resultou a morte de dois mineiros na sequência de um deslocamento de terras.

Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sporting critica decisão sobre vouchers antes do dérbi
    2:11

    Desporto

    A pouco mais de 24 horas do dérbi, o polémico caso dos vouchers volta a abalar as relações entre o Sporting e o Benfica. Os "leões" dizem que é falso que a UEFA tenha rejeitado a queixa contra as águias. O Comité Disciplinar do organismo europeu do futebol considerou que não há qualquer ato ilícito nas ofertas dos encarnados a árbitros.Mas para o diretor de comunicação do Sporting, a UEFA decidiu apenas não avançar com um processo porque está em curso uma investigação em Portugal.