sicnot

Perfil

Mundo

Reformistas e aliados do Presidente com todos os assentos de Teerão

A lista "Esperança", que junta reformistas e moderados que apoiam o Presidente do Irão, ganharam todos os 30 assentos parlamentares de Teerão, a capital do pais, nas eleições de sexta-feira, noticiou hoje a televisão estatal.

AP

Segundo estes resultados (quando estão contados 90% dos votos), o candidato que encabeçava a lista dos conservadores, Gholam-Ali Hadad Adel, surge em 31.º lugar, pelo que não será eleito.

A lista de reformistas e moderados em Teerão é liderada por Mohammad Reza Aref, antigo candidato reformista às presidenciais de 2013 que se retirou a favor do moderado Hassan Rohani, hoje Presidente do Irão, que foi eleito à primeira volta.

Hassan Rohani espera obter uma maioria no Parlamento, atualmente dominado pelos conservadores, para poder prosseguir a sua política de abertura.

As eleições realizadas na sexta-feira elegem o Parlamento e a Assembleia de Especialistas, religiosos que escolhem e podem demitir o guia supremo.

Foram as primeiras eleições desde o acordo nuclear do Governo de Rohani com as potências mundiais.

As eleições são um teste à influência do Presidente, que luta para reconstruir a economia do Irão após o levantamento das sanções internacionais na sequência do acordo.

O impasse no dossiê nuclear durante 13 anos levou a moeda iraniana, o rial, a desvalorizar-se em dois terços, destruindo o poder de compra. A taxa de desemprego oficial é de 10%, mas sobe para os 25% entre os jovens.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47