sicnot

Perfil

Mundo

Três ex-dirigentes da central nuclear de Fukushima acusados de negligência

Três antigos dirigentes da operadora da central nuclear japonesa de Fukushima foram formalmente acusados hoje de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear de 2011, informou a televisão pública NHK.

Três antigos dirigentes da operadora da central nuclear japonesa de Fukushima foram formalmente acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear de 2011

Três antigos dirigentes da operadora da central nuclear japonesa de Fukushima foram formalmente acusados de não terem tomado as medidas necessárias para evitar o desastre nuclear de 2011

© KYODO Kyodo / Reuters

O então presidente da Tokyo Electric Power (TEPCO), Tsunehisa Katsumata, de 75 anos, e os ex-vice-presidentes Sakae Muto e Ichiro Takekuro, de 65 e 69 anos, respetivamente, foram acusados de negligência profissional que resultou em mortes e em feridos.

"Trata-se da primeira vez que a justiça se vai pronunciar sobre a culpabilidade de alguém no acidente nuclear de Fukushima", sublinhou a cadeia de televisão pública japonesa NHK.

Os três vão ser levados à justiça em conformidade com a decisão tomada, em julho, por um painel especial composto por cidadãos comuns -- pela segunda vez desde o acidente. O painel decidiu que estes homens deveriam ser alvo de um processo-crime ao abrigo da lei japonesa.

O Ministério Público recusou, por duas vezes, apresentar acusação contra os homens, citando a insuficiência de provas e a baixa probabilidade de condenação.

Segundo a NHK, os três acusados vão declarar-se não culpados, sob o argumento de que era impossível prever a dimensão do 'tsunami' que devastou a costa nordeste do Japão e causou o acidente nuclear.

O sismo seguido de 'tsunami' de 11 de março de 2011 fez 18.500 vítimas mortais, mas o desastre nuclear não é apontado como tendo sido a causa direta de morte de ninguém.

Os meios de comunicação social japoneses indicaram que as acusações estão relacionadas com a morte de mais de 40 pessoas, que já se encontravam doentes, que viviam perto da central e foram retiradas precipitadamente da zona antes de falecerem.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Morreu José Manuel Castello-Lopes

    Cultura

    O empresário de cinema morreu esta quinta-feira aos 86 anos. A notícia da morte foi avançada hoje pela Academia Portuguesa de Cinema na sua página de Facebook.

  • Grupo armado mata 28 cristãos no Egito
    1:03
  • PSD quer criar taxa sobre a Uber e Cabify
    1:21

    Economia

    O PSD quer criar uma taxa sobre a Uber e Cabify para regulamentar as plataformas de transporte. A proposta deu entrada esta sexta-feira, no Parlamento, e procura ser uma alternativa ao projeto lei do Governo para o setor.

  • Médico português a caminho de Mossul
    3:01

    País

    Um médico português vai partir para o Iraque, no final do mês, para integrar uma equipa dos Médicos Sem Fronteiras. Gustavo Carona vai para Mossul, uma cidade bastião dos jihadistas, que tem sido palco de uma violenta guerra entre o Daesh e as forças iraquianas.

  • Filho de Eduardo dos Santos gasta 500 mil euros em relógio

    Mundo

    Desta vez não é Isabel dos Santos que dá que falar, mas sim um outro filho do Presidente de Angola. Danilo dos Santos arrematou um relógio por 500 mil euros, num leilão em Cannes. O momento foi partilhado através de um vídeo no Instagram, no qual aparece o ator Will Smith a comentar que o jovem "parece demasiado novo para ter 500 mil euros".

  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC