sicnot

Perfil

Mundo

Varoufakis vai assessorar líder do Partido Trabalhista britânico

O ex-ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis vai assessorar o Partido Trabalhista britânico, revelou o seu líder, Jeremy Corbyn, em declarações publicadas no diário local Islington Tribune.

Daniel Ochoa de Olza

O economista grego foi o responsável pela condução das negociações da Grécia com os seus credores durante os primeiros dias do Governo do Syriza.

"Varoufakis é interessante, porque, obviamente, passou por todas as negociações -- com o Banco Central Europeu (BCE), a Comissão Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI)", indicou Corbyn, numa entrevista ao jornal local, hoje citada pelos principais jornais britânicos.

Varoufakis, que se demitiu do cargo a 06 de julho, dedica-se agora a fazer campanha a favor de uma reforma democrática da União Europeia (UE).

Corbyn, que se reuniu no mês passado com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, para debater uma reforma da UE, sustentou que "a forma como a Grécia foi tratada é horrível" e que, por isso, "todos deveríamos aproximar-nos" desse país.

Sobre o ex-ministro das Finanças grego, Corbyn confirmou que se reuniu com o responsável da Economia trabalhista, John McDonnell, e que aquele vai assessorar o seu partido "de alguma maneira".

Fontes do Partido Trabalhista disseram ao diário britânico The Guardian que Varoufakis não tem um papel de assessoria formal dentro da formação política, mas acrescentaram que, em finais do próximo mês, proferirá uma conferência sobre nova economia na qual assessorará o partido sobre questões de finanças.

No ano passado, Varoufakis revelou que mantinha "conversações" com o Partido Trabalhista britânico e disse então que o seu "conselho a essa formação política" era que "se afastasse da austeridade".

Em pleno debate sobre a permanência do Reino Unido na UE, Corbyn assegurou que fará campanha para o referendo de 23 de junho próximo, a favor de que o país permaneça dentro do bloco comunitário.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.