sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia boicote ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

A Coreia do Norte vai deixar de participar no Conselho de Direitos Humanos da ONU, que acusa de "politização", anunciou hoje em Genebra o ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano, Ri Su Yong.

Ri Su Yong, ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

Ri Su Yong, ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

© Eduardo Munoz / Reuters

"Não vamos participar mais em sessões internacionais sobre a situação de direitos humanos na RPDN [República Popular Democrática da Coreia] para meros ataques políticos", disse o ministro na sessão anual do Conselho, acusando o organismo de ser dominado pela "politização, seletividade e duplicidade de critérios".

O Conselho, que tem por missão aconselhar a Assembleia-Geral da ONU em matéria direitos humanos, tem criticado frequentemente a Coreia do Norte e divulgou em 2014 um relatório em que acusa o regime de um amplo conjunto de crimes contra a humanidade.

Segundo Ri, os Estados Unidos e outros países que desejam "a eliminação da RPDC" usam alegações falsas de violações dos direitos humanos para sustentar o seu ponto de vista e chegam a pagar "5.000 dólares a chamados desertores norte-coreanos" para que "inventem" testemunhos chocantes sobre a situação no país.

"Todas as resoluções que sejam adotadas contra a RPDC em tais sessões não passam de provas de parcialidade. Independentemente de essas resoluções serem votadas, não teremos nada a ver com isso e não estaremos vinculados a ela", disse o ministro.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas, em Nova Iorque, tem previsto votar hoje uma resolução impondo novas sanções ao regime de Pyongyang pelo mais recente ensaio nuclear.

Lusa

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.