sicnot

Perfil

Mundo

Dois F-16 israelitas quase colidiram com avião da Ryanair

Dois aviões F-16 da Força aérea israelita aproximaram-se hoje "perigosamente" de um avião da Ryanair que efetuava a ligação comercial entre a cidade polaca de Cracóvia e Ovda, em Eliat, sul de Israel, informaram os 'media' locais.

Arquivo

Arquivo

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

A cerca de 27.000 pés de altitude (8,2296 quilómetros) e a 60 quilómetros da cidade costeira de Eliat, uma aeronave da Ryanair com 167 passageiros a bordo cruzou-se na sua rota com os dois F-16, que segundo o diário Times of Israel participavam num exercício militar.

"Os pilotos da Ryanair evitaram a colisão ao mudar de rumo no último momento", indicou o periódico.

Um porta-voz do exército israelita confirmou à agência noticiosa Efe que os aviões "se aproximaram" do aparelho comercial mas "não existiu risco de colisão", tendo sido ordenada uma averiguação.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.